(Em um lugar onde os pensamentos podem florecer)

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Doida C=

.

Há séculos que eu tava chamando alguma alma caridoasa para ir comigo pra Bienal do Livro 2009 e ninguém queria. Sou a única anormal por aqui?
Tive que ir sozinha. 1° eu não tinha a mínima idéia de onde iria pegar o ônibus pra chegar lá. Foi uma loucura. 2° pra piorar os polícias lá do centro também não sabiam. Massa ¬¬'
3° fiquei como um pião doido lá na Cidade atrás de uma parada onde eu pegasse Jardim Brasil Estrada de Belém. Eu nunca tinha se quer ouvido falar desse ônibus! Pois bem ele existe.
Graças a Deus eu conseguir chegar na Bienal *-* E tava tudo lindo! Só faltou o dinheiro pra comprar os livros que eu queria. É lasca vei. Mas comprei um que , na minha opinião , é o melhor: O Pequeno Princípe em miniatura *-* e como é de costume , eu chorei quendo li de novo. Eu , definitivamente , não sei o que acontece comigo quando leio esse livro.
Ele mexe de uma forma que... como vou dizer isso? Nem eu mesma sei o que acontece.
Mas de uma coisa eu sei: Não fico a mesma coisa quando leio O Pequeno Princípe. Tenho uma visão de vida diferente , que a correria do dia-a-dia , nos impede de enxegar.
Dizem que é um livro para crianças. Discordo. É , como disse o autor , um livro urgente para adultos.
Que todos tenham a oprotunidade de ler e , assim como eu , não fiquem da mesma forma que está.

Nenhum comentário: